19 de Julho, 2021 às 00:43:00
Legenda da Foto: A “Cidade de Maria” fica às margens da BR-070 (próximo ao Posto Free), e terá funcionamento sustentável com foco na economia da comunhão e capacidade para cerca de mil moradores.

O prefeito de Nossa Senhora do Livramento, Silmar de Souza (DEM), o procurador municipal, Vladimir Brandão, o secretário Otarci Nunes, e os vereadores professora Oneide Maria, Fabiano Sebastião, Renan Miranda e Manoel Gonçalo participaram do lançamento do empreendimento “Cidade de Maria”, ocorrido na última sexta-feira (16/7), em Livramento.

Eles prestigiaram a cerimônia que lançou o residencial religioso que contará com um santuário em suas dependências. A “Cidade de Maria” fica às margens da BR-070 (próximo ao Posto Free), e terá funcionamento sustentável com foco na economia da comunhão e capacidade para cerca de mil moradores.

Entre os benefícios está a reutilização de água; plantio e consumo dos alimentos produzidos na região; entre outros atrativos que fazem parte do projeto estrutural, como um Santuário em homenagem a Nossa Senhora Desatadora dos Nós. O projeto foi idealizado por Iracema Caldas e será administrado por uma associação, sendo que grande parte dos recursos serão revertidos em prol da comunidade local.

“Todo morador que busca paz e tranquilidade para viver bem, será muito bem-vindo para integrar a cidade de Maria, contudo, o projeto é pensado principalmente para pessoas idosas”, comentou Iracema, reforçando que o projeto também tem foco no turismo religioso e cultural.

Já no setor de turismo, o santuário em homenagem a Nossa Senhora Desatadora dos Nós será um dos principais atrativos. Além disso, terão espaços para a venda de artesanatos feitos por famílias da cidade, visando à valorização da cultura local. “A cidade será religiosa, como o próprio nome já mostra. No santuário, teremos encontros de fiéis, através de peregrinações, vindas de várias regiões do estado, do Brasil e do mundo”, disse.

Para os visitantes, o projeto futuramente prevê a construção de dois hotéis para atender aos eventos corporativos, religiosos e turísticos. Já para quem irá morar no local, o estilo de vida previsto é o partilhado para compras, idas ao médico, condução coletiva, espaço privilegiado para vivência concreta e aplicação na prática da economia de partilha, onde indústria e comércio serão fontes geradoras de emprego e renda.

Após o lançamento, o prefeito Souza disse estar entusiasmado com o projeto, que com toda certeza trará divisas financeiras para o município papa-banana. “Estou muito confiante no futuro promissor desse empreendimento. Acredito que aqui se tornará parte do cartão postal da nossa terra, não somente no quesito saúde e bem estar, mas também no turismo.”

No mesmo sentido disse o vereador Manoel Gonçalo de Campos. Ele que preside a Mesa Diretora da Câmara lembrou-se do tempo atrás da luta de dona Iracema Caldas para fazer nascer esse embrião. “Em julho de 2018 dona Iracema esteve apresentando este projeto pra nós lá na Câmara Municipal. Acho que alguns sequer acreditaram na possibilidade disso progredir. Mas, hoje estamos aqui dando mais um passo em prol daquilo que logo se tornará um sonho de todos, não somente de fiéis e devotos, mas daqueles que querem progresso de vida pra região”, concluiu.        

 

Fonte
Texto: Assessoria
Foto: Assessoria

Leia Mais: