23 de Novembro, 2021 às 08:49:00
Legenda da Foto: A intenção é premiar 100 inativas de artistas autodeclarados negros e/ou artistas residentes em Comunidades Quilombolas devidamente certificadas pela instituição.

Três editais da Fundação Cultural Palmares oferecem oportunidades para captação de recursos para iniciativas culturais. Todas as oportunidades pretendem valorizar a população negra — pretos ou pardos, por meio das mais diversas iniciativas culturais, vídeos ou podcasts e fotografias. Lembrando que no último dia 20 de novembro o Dia Nacional da Consciência Negra foi celebrado no Brasil.

De acordo com Edital 3/2021 – Concurso Prêmio Palmares de Artes 2021, com o objetivo de fortalecer as expressões culturais quilombolas e afro-brasileiras. Com inscrições abertas ato próximo sábado, 27 de novembro, a intenção é premiar 100 inativas de artistas autodeclarados negros e/ou artistas residentes em Comunidades Quilombolas devidamente certificadas pela instituição.

As iniciativas apresentadas deverão estar vinculadas a uma das seguintes categorias: artesanato; música; dança; teatro; e leitura, escrita e oralidade: mitos, narrativas folclóricas e culinária tradicional. O valor total da premiação é de R$ 1.165.842,00, assim cada iniciativa cultural premiada receberá R$ 11.658,42.

Vídeo e podcast

O Edital 4/2021 – Vozes Regionais SP e MG está com as inscrições abertas até 29 de novembro. A iniciativa propõe premiar iniciativas culturais em vídeo e podcast produzidas por pessoas físicas de São Paulo e Minas Gerais. Serão dez prêmios de R$ 7 mil para as produções em vídeo e dez prêmios de R$ 5,5 mil para episódios de podcast.

A categoria Vídeo, destina-se a jovens de 18 a 29 anos pertencentes a Comunidades Tradicionais e o tema do abordado é “Qual o maior bem cultural de matriz africana da minha comunidade? ”. Já para se inscrever na categoria Podcast, basta submeter um episódio com o tema “O negro na economia criativa: empreendorismo e visão de mercado”, seja ou não membro de comunidade tradicional.

Fotografia

Já o Edital 5/2021 – Prêmio de Fotografia Palmares - Amplitude e Dignidade deve premiar fotografias produzidas em qualquer parte do território nacional, mas, os interessados devem promover inscrição até dia 2 de dezembro. Cada participante pode escolher um recorte temático para produzir o conjunto de 25 fotografias. As imagens premiadas mostrarão o cidadão negro nas mais variadas situações, indo desde as pessoas de origem humilde até os que vivem em boas condições financeiras, passando por trabalhadores intelectuais e braçais, e visitando os cidadãos negros de todas as idades, sexos e crenças religiosas.

O concurso selecionará cinco ganhadores, dentre pessoas físicas (PF) ou Microempreendedor Individual (MEI). A premiação será de R$ 50 mil para cada um dos fotógrafos profissionais e/ou amadores ganhadores.

Fonte
Texto: Agência CNM
Foto: Divulgação

Leia Mais: